12 de abr de 2018

PROFESSOR FÁBIO ALEXANDRO SEXUGI FOI ELEITO e assumirá em maio a presidência da Academia Mourãoense de Letras para o biênio 2018/2020

O educador e professor Fábio Alexandro Sexugi foi eleito por aclamação na noite desta quarta-feira, 11 de abril, presidente da Academia Mourãoense de Letras (AML) para o biênio 2018/2020. Sexugi é o primeiro ocupante da cadeira nº 07, cujo fundador é o professor e advogado Rubens Luiz Sartori e patrono o ex-prefeito Horácio Amaral. Ele tomará posse em maio em evento solene de comemoração dos 16 anos da AML e substituirá a escritora Ester de Abreu Piacentini, que presidiu a entidade no biênio 2016/18.
Integram a chapa eleita juntamente com Fábio Sexugi como vice-presidente  Dirce Bortoti Salvadori, secretário-geral  Jair Elias dos Santos Júnior, primeira secretária Nelci Veiga Mello; tesoureira Cristina Schreiner Mota, primeira tesoureira  Giselta Veiga, diretores de Biblioteca  Gilson Mendes de Góis e João Maria de Lara, e oradores José Eugênio Maciel e Edcleia Aparecida Basso.
Fábio Sexugi ingressou na AML em 15 de março de 2014 como primeiro ocupante da cadeira nº 07 e será o oitavo presidente da entidade qur foi criada em 2001 e institucionalizada em 2002 - Presidiram a Academia Mourãoense de Letras os acadêmicos: Rubens Luiz Sartori (2002-2004), Francisco Irineu Brzezinski (2004-2006), Aroldo Tissot (2006-2008), Cida Freitas (2008-2010), Gilson Mendes de Góis (2010-2012) e Jair Elias dos Santos Júnior (2012-2014/2014-2016) e ESter de Abreu Piacentini (2016-2018). 
Sexugi é educador e professor de latim e italiano. Foi secretário Municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer de Peabiru na gestão 2013/16. Na sua posse, destacou o papel da palavra como fato histórico de sua vida. "A palavra tem função criativa e formadora, que possibilita ao homem e a mulher à semelhança de Deus como exercer o poder da criação. A palavra tem papel humanizador socializador e ideológico."

Nenhum comentário:

Postar um comentário