21 de jan de 2017

É DO CAMPO MOURÃO BASQUETE o dono da melhor média de pontos no NBB


É DAQUI A POUCO NA BAND: Flamengo x Franca, pelo NBB

O jogo do NBB na tela da Band deste sábado às 14 horas será entre Flamengo x Franca, na Arena Tijucas, no Rio de Janeiro. O encontro entre duas equipes tradicionais no basquete brasileiro. De um lado o rubro-negro, melhor time do NBB até aqui e do outro, o Franca com um time renovado e querendo aprontar na cidade maravilhosa. É daqui a pouco na tela da Band. E dia 11 de fevereiro, será a vez do Brasil inteiro assistir Campo Mourão x Vasco, na tela da Band.

OBRIGADO AOS AMIGOS pelas felicitações em 2017

. Não há solidão mais triste do que a do homem sem amizades. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto. (Francis Bacon);
. A amizade é um amor que nunca morre. (Mário Quintana);

. Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos. (Sócrates);
. Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão...... (Amyr Klink); .
Bom mesmo é ser feliz e com a família e os amigos é melhor ainda. (Ilivaldo Duarte).
Obrigado a todos os amigos, de longe ou de perto, antigos e novos, pelas manifestações de carinho e felicitações que recebi pelo meu aniversário no dia 19 de janeiro. 
Obrigado, rogo a Deus que os abençoe e os façam muito felizes com o que tem e não com o que falta, e desejo o dobro de tudo o que me desejaram. Viva! Deus é bom o tempo todo, o tempo todo Deus é bom!

OS CONVIDADOS DO PROGRAMA Campeão Tocando de Primeira 1.196

No programa campeão - Tocando de Primeira - "Um Golaço no rádio brasileiro" de hoje (21), com o número 1.196 - há mais de 21 anosa no ar-, o jornalista Ilivaldo Duarte vai entrevistar na Rádio Colméia AM a partir das 11h00 os dirigentes do Campo Mourão Futsal - Anderson Hertz (na foto ao lado do presidente da ACMF Luciano Batista) e Beto Souza,  e o coordenador da Copa União de Futebol Suíço Milton Hauagge, o "Batata".   
No segundo tempo, presenças do basquete  mourãoense com o jogador Atílio, o assistente técnico Jhonatan Cintra e o técnico do Campo Mourão Basquete Emerson Luiz de Souza, falando sobre o NBB 2016/17.     
É daqui a pouco no primeiro programa campeão de 2017, tudo a partir das 11 horas no programa que é orgulho paranaense. 

Tocando de Primeira, troféu Orgulho Paranaense! 
Só não ouve quem não tem rádio ou não tem vizinho. 
Jornalismo com paixão, informação e credibilidade.
Viva o rádio!
SERVIÇO: baixe o aplicativo da Rádio Colméia no seu celular, digitando "Rádio Colméia Campo Mourão".

HOJE TEM O PROGRAMA campeão Tocando de Primeira 1.196 ao vivo na Colméia

Para os meus amigos ouvintes conhecidos ou anônimos, daqui a pouco às 11 horas está de volta o programa campeão Tocando de Primeira pelas ondas médias da Rádio Colméia em Campo Mourão. Será o Tocando de Primeira 1.196 - um golaço no rádio brasileiro, onde só não ouve quem não tem rádio ou tem vizinho. Vamos falar de futsal, da Copa União, do Intergerências da Arcam, basquete, entre outros assuntos.   
Sintonize no seu radinho, no seu carro, na internet e no smartphone. Baixe o aplicativo "Rádio Colméia Campo Mourão" e ouça o programa que está mais de 21 anos no ar ao vivo e em cores.

20 de jan de 2017

EVANGELHO DO DIA sexta-feira, 20 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 3,13-19)  O Senhor esteja convosco.  Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.  Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Zebedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer “Filhos do trovão”; 18André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Iscariotes, aquele que depois o traiu. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

19 de jan de 2017

O BRASIL INTEIRO VAI ver o Campo Mourão Basquete


SUCESSO, DINHEIRO e o que você faz para as pessoas


EVANGELHO DO DIA quinta-feira, 19 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 3,7-12)  O Senhor esteja convosco.  Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.  Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 7Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galileia o seguia. 8E também muita gente da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. 9Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse. 10Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. 11Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: “Tu és o Filho de Deus!” 12Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

18 de jan de 2017

HISTÓRIA DE CM: AERM, a Mourãoense em 1976 parou o Coxa

Tiguéra, Maurinho, Flavião e Flavinho estão nesta foto com o time da Mourãoense em 1976, quando em pleno estádio Roberto Brzezinksi, parou o forte e imbatível Coritiba com o empate por 0 a 0 que derrubou muita gente da Loteca, a Loteria Esportiva. A Mourãoense era "saco de pancadas", mas naquele inesquecível jogo com o lateral Matosinho e Cia parou o campeão paranaense com Jairo, Tião Abatiá, Paquito e aquela turma de craques. Quem tem mais de 50 anos se lembra muito bem desta façanha. Viva a história!

VOCÊ TEM MUITOS AMIGOS ou conhece muita gente?


HISTÓRIA CM: AERM, a Mourãoense na década de 60 no RB


HISTÓRIA CM: título de basquete nos JAP´s 1995 no JK


IMAGENS DA HISTÓRIA: catedral de CM ao nascer do sol


IMAGENS DA HISTÓRIA: centro de Campo Mourão há várias décadas


EVANGELHO DO DIA quarta-feira, 18 de janeiro 2016

Evangelho (Mc 3,1-6)  O Senhor esteja convosco.  Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.  Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio!” 4E perguntou-lhes: “E permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?” Mas eles nada disseram. 5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: “Estende a mão”. Ele a estendeu e a mão ficou curada. 6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

QUAIS CAMINHOS PODEM t mostrar a estrada?


O QUE É SER FELIZ?


16 de jan de 2017

AS MIL AVE-MARIAS E A devoção a Nossa Senhora no Santa Cruz

Centenas de fiéis do jardim Santa Cruz e de várias regiões de Campo Mourão participaram no domingo (15) entre 12 e 18 horas das "Mil Ave-Marias" na paróquia Santa Cruz, berço do catolicismo mourãoense. A iniciativa é da equipe do Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida  e faz parte das atividades do Ano Mariano. Na coordenação esteve Toninho Aguilar, que anuncia a realização das "Mil Ave-Marias" mensalmente este ano, sendo cada mês em uma paróquia diferente. Estive lá por um tempo e conversei ontem e hoje com alguns fiéis que lá estiveram, os quais gostaram muito e se sentiram fortalecidos com a experiência de viver momentos em oração em um domingo a tarde.

SANTA CRUZ, o berço do catolicismo em Campo Mourão

Acima e abaixo, imagens que fiz no domingo (15) na gruta anexa a igreja na Paróquia Santa Cruz, em Campo Mourão.
O livro "Campo Mourão - Centro do Progresso - de autoria do inesquecível radialista, escritor, historiador, cerimonialista Pedro da Veiga, a qual reputo ser a melhor obra mostrando vários segmentos da história de Campo Mourão, mostra na página 171 a história e evolução do catolicismo em terra mourãoense, "que teve origem em 1909 com a visita do coadjutor da paróquia de Guarapuava, padre Francisco Vedder, da congregação verbo Divino. .....em meio ao campo, um cedro seria chantado para símbolo das origens e fanal dae suas esperanças. No campo da cruz o cedro transfigura-se  na Santa Cruz em cuja capela, ainda hoje venerada, no Jardim Santa Cruz, constitui-se em notável marco histórico. tombado pelo Município, como patrimônio público de preservação, visando sua perpetuaç~]ao póstera...."
". Em 8 de dezembro de 1942, foi criada a paróquia de São José de Campo Mourão, em cujo decreto de criação, padre Aloysio Jacob foi nomeado primeiro vigário e padre Humberto Frisch, coadjutor..."

DICA PARA que seu filho reduza uso de celular e internet


OPINIÃO - Roberto Rodrigues: Brava gente!

Há poucos dias estive a trabalho em Chapadão do Céu, em Goiás, e me emocionei com o que lá vi. Quilômetros de estradas ladeadas por áreas de soja sem fim, que emendam com as de Chapadão do Sul/MS, e descem para Aparecida do Taboado, correm para oeste e se juntam com as lavouras espetaculares de Bandeirantes e Bodoquena. Ainda no Céu estão canaviais verdejantes que se somam aos de Quirinópolis, e mais os de Costa Rica, Rio Brilhante e Dourados no Mato Grosso do Sul.
Tenho passado por essas estradas há décadas. Há 45 anos vou pescar no Rio Taquari, na boca pantaneira do Coxim, e assisti o Brasil sendo construído com duro trabalho incessante. Vi os primeiros gaúchos chegarem a São Gabriel do Oeste em cima de velhos caminhões de mudança deixando para trás tudo o que tinham, inclusive sua história familiar. Abastecia então o carro em postos precários, onde frentistas eram meninos e meninas de olhos azuis, pés descalços e mal vestidos, mas trazendo no rosto a coragem e a determinação de seus pais em plantar o futuro. Eram campos de terra fraca, desprezados pelos tradicionais agricultores do Sudeste. Passo lá agora e vejo centenas de milhares de hectares com a soja bufando, já no "canivete", assim como a que cultivam os bravos sulistas de Rondonópolis, os de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Sapezal, Tangará da Serra e Juína no Mato Grosso.
Por essas estradas surgiram usinas de açúcar e álcool gerando eletricidade, e em menos de 10 anos criaram milhares de empregos, mudaram as cidades pequenas e médias em comunidades progressistas com IDH invejável, e tudo com a melhor tecnologia do mundo.
Nos últimos meses andei por Não-me-Toque/RS, e lá também as roças de grãos ocuparam todas as terras aptas, vi aves e suínos crescendo em Chapecó/SC, passei por Campo Mourão, por Medianeira e Cafelândia no lindo Paraná e dei graças a Deus pela brava gente que abriu Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa, misturando europeus e asiáticos destemidos com caboclos paulistas e nordestinos num vigor híbrido de empoderamento.
Percorri o mágico Triângulo Mineiro, o sul cafeeiro de Minas e bati em Montes Claros e Janaúba, onde bananais produzem as frutas que consomem os brasilienses. Vi produção de ovos e morango surgindo do nada em Jetibá no Espírito Santo, onde o conilon sacudiu São Gabriel da Palha. Fui a Luis Eduardo Magalhães-BA, que conheci como Mimoso do Oeste há poucas décadas. E lá estão algodoais tão espetaculares quanto os de Campo Verde e Primavera do Leste/MT. Estive em Balsas no sul do Maranhão, Uruçuí no Piauí e lá tem soja e milho abundantes. E rodei pelas pastagens de Chupinguaia e Ji-Paraná em Rondônia, pela pecuária de corte sustentável de Esperança, no Acre, e de todo Mato Grosso do Sul; bebi o leite que escorre de Goiás e de Minas Gerais para os consumidores de São Paulo e do Rio de Janeiro, vi as frutas exportadas do Ceará e do Rio Grande do Norte, visitei os canaviais produtivos de Alagoas, os cacaueiros do sul da Bahia, o óleo de palma do Pará, o gadão do Rio Grande e testemunhei as duras lutas dos produtores da Amazônia e do Nordeste.
Esta gente extraordinária, mulheres e homens que batalham todos os dias, anos a fio, arrostando dificuldades de toda ordem, estão construindo de fato o nosso Brasil. Quem conhece Ribeirão Preto, Araçatuba, Bauru, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Marilia, Assis, sabe disso. Ou Campinas e Jaú, além de Barretos, Bebedouro, São José dos Campos, entre tantas outras grandes cidades paulistas que nasceram e cresceram empurradas pelos bandeirantes modernos que cultivaram suas terras. Passo Fundo e Santa Maria, Caxias e Gramado, Ijuí e Alegrete, no grande Rio Grande do Sul, idem. E também Lages com suas florestas plantadas, ou Joaçaba, Campos Novos e Concórdia em Santa Catarina, e ainda o Paraná inteirinho... Mas quem nunca foi a Rio Verde, Piracanjuba ou Formosa, em Goiás, não sabe do que estamos falando. Ou a Gurupi e Araguaína, no Tocantins, a Santarém e Marabá, no Pará, a Vitória da Conquista, Juazeiro ou Feira de Santana, na Bahia, a todo este imenso sertão brasileiro, não saberá jamais quem faz esse País bombar.
Toda essa brava gente brasileira quer progredir e avançar socialmente, não importando se são pequenos, médios ou grandes. Todos mourejam o dia todo torcendo ora por sol, ora por chuva, e sonham todas as noites com um futuro melhor para seus filhos e netos. E transformam seus sonhos na bela realidade do agronegócio brasileiro pujante e competitivo, sustentável e moderno.
Toda essa gente está preocupada com a brutal crise econômica, social e política em que maus gestores meteram o Brasil. Mas, apesar dessa crise sem precedentes, toda essa gente destemida continuará a plantar, tratar e colher sua soja, seu milho, seu algodão, seu arroz e feijão, seu café, sua cana-de-açúcar, suas frutas e verduras, seu cacau, suas pastagens, sua seringueira, seu tabaco, seu amendoim e seu girassol. Vai transformar grãos em carne de frango, de suínos e em leite e derivados, e pastos em carne bovina. Vai plantar eucaliptos e pinheiros, vai dar mercado para quem produz insumos e serviços, vai fornecer a matéria-prima para a indústria de alimentos e bebidas, de moda, de móveis e de livros. Vai gerar empregos, riqueza e renda. Vai abastecer todos os brasileiros e vai alimentar milhões de estrangeiros. Vai continuar com sua inquebrantável bravura a construir uma grande Nação.
Que Deus os abençoe!
Roberto Rodrigues coordena o Centro de Agronegócios da Fundação Getulio Vargas, foi ministro da Agricultura. 

MAIS AGRICULTURA e menos Carnaval


EVANGELHO DO DIA segunda-feira, 16 de janeiro 2017

Evangelho (Mc 2,18-22)  O Senhor esteja convosco.  Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.  Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: “Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?” 19Jesus respondeu: “Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar. 21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos”. — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

15 de jan de 2017

MOURÃOENSE WELLYNGTON vai disputar A2 do Paulistão pelo Juventus

Com 19 anos e passagem de um ano e meio pelas categorias de base do Santos na Vila Belmiro, após ter jogado muitos anos pelo Colégio Marechal Rondon e seleção de Campo Mourão, o meio campista Wellyngton Santos, o filho do Jorge e da Cleonice Santos, vai estrear este ano no futebol profissional.

Ele assinou contrato com o Clube Atlético Juventus, da série A 2 do Campeonato Paulista. em novembro do ano passado. Foi o seu primeiro registro como profissional e jogará por dois anos pelo time grená da Rua Javari. "Agradeço a Deus , ao meu pai por todo este apoio e perseverança, tive a oportunidade de assinar meu primeiro contrato profissional e vou dar o máximo para fazer o melhor e agarrar a chance no profissional do Juventus", diz o volante mourãoense.


"É bem difícil sair de titular já no primeiro ano, eu poderia ficar mais dois anos na base do Santos onde fui vice-campeão paulista, mas já estou no profissional, e o nível da A2 é alto com times de tradição como Bragantino, Guarani, Portuguesa, XV de Piracicaba."


A estreia do "Moleque Travesso", apelido dado ao Juventus por sempre aprontar diante dos grandes times paulistas será no sábado, 28 de janeiro, às 16 horas, atuando na Rua Javari contra o Capivariano.
Boa sorte Wellyngton Santos, força, dedicação, muito sorte e talento para realizar o seu sonho e dos familiares também, nesta jornada que não é nada fácil, mas você como bom garoto e talentoso buscará e conseguirá o seu espaço no futebol profissional.

A PAZ QUE PRECISAMOS


JOGOS DO CAMPO MOURÃO no 2º turno do NBB 2016/17

2º turno do Campo Mourão no NBB (5 jogos em casa e 9 fora de CM)
AGENDA (vermelho:jogos fora de casa; verde: jogos  em Campo Mourão)
25 JAN - CM  x  Paulistano, em São Paulo (SP). 
27 JAN – CM  x Liga Sorocabana, em Sorocaba (SP)
04 FEV – CM  x  Caxias do Sul (16h00)
11 FEV - CM x Vasco (14h00)
14 FEV  CM  x  Macaé, em Macaé (RJ)
16 FEV  CM x Flamengo, no Rio de Janeiro (RJ)
22 FEV - CM  x Vitória, em Salvador (BA)
24 FEV - CM  x  Basquete Cearense, em Fortaleza (CE)
07 MAR - CM x  Minas
09 MAR - CM  x  Brasília
13 MAR - CM x Mogi, em Mogi das Cruzes (SP)
22 MAR - CM x  Pinheiros
05 ABR - CM  x   Franca, em Franca (SP)
07 ABR - CM  x Bauru, em Bauru (SP). 

CAMPO MOURÃO BASQUETE: Campanha do 1º turno NBB 2016/17

Ao final do primeiro turno do NBB 2016/17, os números mostram Campo Mourão na 8ª colocação com sete vitórias e 50% de aproveitamento no NBB 2016/17.
Jogando em casa, no Belin Carolo, na UTFPR foram nove jogos com três vitórias (Macaé, Vitória e Mogi), e seis derrotas  (Sorocabana, Flamengo, Basquete Cearense, Paulistano, Franca e Bauru). 
Longe de sua torcida, nos cinco jogos realizados, o time mourãoense conseguiu excelente performance com quatro vitórias - Vasco da Gama, Caxias do Sul, Brasília e Pinheiros, e perdeu apenas um jogo para o Minas Tênis. 
CAMPANHA DO CAMPO MOURÃO
Em verde, jogos em casa no Belin Carolo 
em vermelho, os jogos realizados longe de Campo Mourão.
1º turno NBB (9 jogos em CM e 5 fora de CM)

12 NOV – CM 73 x 78 Liga Sorocabana
17 NOV – CM 91 x 81 Vasco - Rio de janeiro
19 NOV – CM 78 x 69 Caxias do Sul – em Caxias do Sul
24 NOV – CM 69 x 90 Flamengo
26 NOV – CM 71 x 68 Macaé
30 NOV – CM 70 x 64 Vitória
02 DEZ – CM 73 x 89 Basquete Cearense
07 DEZ – CM 74 x 92 Paulistano
13 DEZ – CM 66 x 72 Minas – Belo Horizonte
15 DEZ – CM 78 x 76 Brasília – Distrito Federal
19 DEZ – CM 78 x 76 Pinheiros – São Paulo
06 JAN – CM 95 x 94 Mogi –
10 JAN – CM 81 x 83 Franca


12 JAN – CM 62 x 82 Bauru.  

O GRANDE VITORIOSO


O CARÁTER VERDADEIRO


EVANGELHO DO DIA domingo, 15 de janeiro 2017



Evangelho (Jo 1,29-34) — O Senhor esteja convosco! — Ele está no meio de nós. — PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João. — Glória a vós, Senhor!  Naquele tempo, 29João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. 30Dele é que eu disse: Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim. 31Também eu não o conhecia, mas se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”. 32E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba do céu, e permanecer sobre ele. 33Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34Eu vi e dou testemunho: Este é o Filho de Deus!” — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

14 de jan de 2017

EVANGELHO DO DIA sábado, 14 de janeiro 2017

Evangelho (Mc 2,13-17)  O Senhor esteja convosco.  Ele está no meio de nós.  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.  Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu. 15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam. 16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?” 17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”. — Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.