5 de dez de 2017

VASMENGO, em Rondônia: você não viu tudo ainda

O clube de dona Dulce é amador e disputa campeonatos e torneios em pisos de barro, sem gramado nem arquibancada, nos quais a torcida fica bem ao lado do campo.  O site G1 mostra que ela fez algo que para muitos seria simplesmente impossível: um time unindo dois arquirrivais - Vasco e Flamengo.
E foi assim que surgiu o VasMengo em Porto Velho em Rondônia, a 3,5 mil km do Rio. E tudo por culpa de Dulcineia Félix Souza Lopes, a dona Dulce, fundadora e presidente há 20 anos do Vasmengo, de Rondônia.
Aos 55 anos, a presidente do Vasmengo, dona Dulce, como é conhecida em Porto Velho, é uma apaixonada vascaína. Mas pela distância, jamais pôde vir ao Rio.
-Meu sonho é ir ao Maracanã, usando a minha camisa do Vasmengo, para torcer pelo meu Vasco - conta. - Se pudesse falar algo para esses torcedores que brigam, diria que essa violência é muito triste. Futebol é vida, é arte, é diversão. Ninguém tem de ir a um estádio para brigar. Violência não combina com futebol. Sempre converso com meu time, antes de cada jogo, pedindo que ninguém brigue nem faça gestos obscenos.
Antes que alguém imagine que dona Dulce, como é conhecida, está contando alguma piada, basta que ela conseguiu o impossível, algo mais improvável que misturar óleo com água. Teve a coragem de fundar, em 1997, um time amador que reúne as paixões de sua família: o Flamengo e o Vasco.- Há um campo de peladas no bairro Mariana, aqui em Porto Velho, onde o pessoal da minha família sempre costumava jogar, até que em 1997, resolveram organizar um campeonato, e cada time teria de ter um nome. Foi quando nos reunimos aqui em casa, umas 30 pessoas. Havia vascaínos, rubro-negros e também corintianos e sãopaulinos. Aí, surgiu a ideia do Vasmengo - relembra a dublê de presidente e treinadora.
- Levamos uns três dias até escolher o nome. Os rubro-negros não aceitavam que o nome do Vasco viesse na frente. Eles queriam Flavasco, mas ficaria feio. Até que acabamos escolhendo Vasmengo. Mari, minha nora, mulher do Alexandre, desenhou a primeira camisa. - Fonte site G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário