13 de jun de 2017

CLÁSSICOS HISTÓRICOS ENTRE Associação Tagliari e Demafra de Paranavaí

Na imagem acima da forte equipe da Associação Tagliari: Értile, Itamar Tagliari, Gastão, Ivando "Rancho" Capato, Ione Paulo Sartor e Pedro Ivo Szapak; João Miguel Baitala (in memorian), Paulo Gilmar Fuzeto (com o sobrinho Carlinhos Tagliari), Luizinho Ferreira Lima, Carlão Tagliari (com o sobrinho Flavinho Tagiari Bisol) e Álvaro "Careca". 
Tagliari e Demafra de Paranavaí protagonizaram bons e inesquecíveis clássicos, onde quem jogava em casa geralmente vencia. 
A última disputa entre os dois times aconteceu em 1979 na Taça Paraná, em Paranavaí, que era a Chave Ouro da época - no ano seguinte a Demafra decretaria o fim das suas atividades no futebol de campo e no futsal.
Mas Campo Mourão venceu em 1979 a Demafra por 3x1 na semifinal e depois derrotou fácil ma final o Clube dos Oficiais de Ponta Grossa, sagrando-se campeão paranaense. 
No time mourãense, como curiosidade, Luizinho Ferreira lima, então com 19 anos, foi convocado pelo técnico e jogador Itamar Tagliari para disputar pela primeira vez um campeonato adulto. 
Segundo a história, Itamar começava os jogos com Careca, João Miguel, Carlão, Rancho e Ione. 
No time da Demafra, jogadores talentosos como Dilvo, Divanei e Carmo.
O título foi em Paranavaí e no ano seguinte (1980), a Associação Tagliari venceria novamente tornando bicampeã paranaense.
Quem viu ou jogou, afirma que Tagliari e Demafra fizeram grandes jogos e clássicos memoráveis na história do futebol de salão paranaense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário