4 de jan de 2017

MOGI DAS CRUZES: conheça história e trajetória do adversário desta sexta-feira do Campo Mourão Basquete no primeiro jogo do ano no NBB

O Mogi das Cruzes, adversário nesta sexta-feira (06) do Campo Mourão Basquete no ginasião Belin Carolo, na UTFPR, em Campo Mourão, fez apenas oito jogos no NBB, mas tem aproveitamento de 62,65% com cinco vitórias em oito jogos. 
Para que os leitores e torcedores conheçam um pouco da história do Mogi, apresento um pouco da sua trajetória no basquete paulista, brasileiro e sul-americano. 
O Mogi Basquete, atualmente dirigido pelo experiente Guerrinha (foto) surgiu em 1995 e começou a brilhar em 1996, quando a equipe se chamava Mogi/Report/Eroles e conquistou o Campeonato Paulista, vencendo Cougar/Franca na final, e neste ano disputou pela primeira vez o Campeonato Brasileiro, ficando em sexto lugar. Em 1997 chegou às semi-finais do Brasileiro, perdendo para o campeão daquele ano, o Cougar/Franca. 
Em 1998, já como Mogi/Valtra Tratores foi vice-campeã paulista. Entre 1999 e 2005 se manteve entre as principais equipes do basquete brasileiro. 
Em 2004 o time ficou em 4º lugar no Campeonato Brasileiro, perdendo nas semifinais para o campeão do ano, o Unitri/Uberlândia. De 2005 a 2011, o time mogiano não disputou o Campeonato Brasileiro, voltando em novembro de 2012 com o nome fantasia de Mogi/Helbor, na sua estreia no Novo Basquete Brasil. 
Em 2014, se classificou para os playoffs do NBB pela primeira vez, sendo eliminado nas semifinais pelo Flamengo, mas disputou e foi vice-campeão da Liga Sul-Americana de Basquete, perdendo para o Bauru. Em 2015, após 12 anos, o Mogi voltou a disputar uma final de Campeonato Paulista, sendo vice após perder para o São José dos Campos. 
Em 2016, o Mogi jogou pela primeira vez a Liga das Américas- foi o segundo melhor brasileiro na Liga Sul-Americana (Limeira tinha garantido a vaga mas havia encerrado suas atividades). Após ser vice-campeão em 2015, o Mogi chegou novamente à final do estadual e depois de 20 anos conquistou o bicampeonato paulista, ganhando do rival Bauru. 
Ainda na temporada 2016-17, o Mogi/Helbor conquistou de forma invicta o seu primeiro título internacional: a Liga Sul-Americana, depois de derrotar o Bahía Basket da Argentina por 3 x 0 na decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário