4 de jan de 2017

A ESTREIA DE SOLANO POR CM NO NBB 16/17: o primeiro prata da casa a jogar por um time profissional de Campo Mourão no NBB.

A noite de 2 de dezembro do ano passado ficará para sempre na memória e no coração de Solano Triches, sua família, amigos e torcedores. O palco foi o ginasião Belin Carolo na UTFPR em Campo Mourão, e o evento foi jogo oficial pelo NBB 2016/17 contra o Basquete Cearense. 
Neste dia, local e evento, o mourãoense Solano Triches fez a sua estreia no time adulto do Campo Mourão pelo NBB. Verdade que cheio de desfalques, o time mourãoense perdeu por 89 a 73, mas verdade também que o jovem atleta que saiu da base do basquete de Campo Mourão - vide imagem abaixo em 2014 nos Jogos da Juventude do Paraná em Umuarama- também não dormiu.
A pedido do BLOG DO ILIVALDO DUARTE  ele fez um relato do que foi aquela noite. 
"Foi de longe o dia mais feliz e tenso da minha vida, eu não tenho muitas palavras para esse momento, porque é algo que eu esperei por anos e não imaginava que fosse chegar rápido assim... Eu comecei quando tinha 12 anos, lá em 2009, quando o projeto do professor Emerson tava começando. Acompanhei toda a trajetória desse projeto, toda luta do Emerson e dos envolvidos, todo o apoio da prefeitura e dos patrocinadores, e principalmente, eu via o sonho de chegar ao NBB. Esse sonho que era do Emerson se tornou um sonho meu também e eu me entreguei de cabeça nesse sonho. Depois de oito anos de projeto e meus seis anos como jogador o nosso sonho se realizou, entramos para o NBB e para melhorar ainda, entrei junto nesse time. Lembro quando tinha uns 15 anos e o Emerson falava que um dos sonhos dele era ver um dos garotos da base no time profissional, mas ele não daria isso de "mão beijada" para algum atleta. A minha luta foi forte para chegar até aqui e eu me sinto muito feliz e realizado por esse momento. 
Quanto a minha estreia, esperava ter feito alguns pontinhos, mas a grandiosidade do momento e a emoção que estava sentindo tomaram conta de mim. Quando recebi o primeiro passe e fiz o primeiro arremesso passou um filme muito rápido na minha cabeça e me lembrei de quando tinha 13 anos e sonhava com esse dia. Muitos jogos ainda estão por vir e terei muitos oportunidades de mostrar meu trabalho, isso é só o começo. Eu só tenho a agradecer pelas oportunidades que recebi e apoio dos familiares, amigos, torcida e principalmente do Emerson, que me colocou nesse caminho." Solano Triches, o primeiro prata da casa a jogar por um  time adulto e profissional de Campo Mourão no NBB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário